Imagine-se


Lembro, lá dos meus bons tempos de estudos, que arrumei um brasão impresso da Polícia Federal e coloquei na minha escrivaninha. Entrava nos fóruns do Correio Web (se me chamar de velho, menos 3 pontos na próxima prova! kkkk) e vibrava quando aparecia um cana da PF ou mesmo um aluno contando a rotina na Academia de Polícia. Imaginava eu lá, em Sobradinho – DF, tomando umas no tal do Flamingo, local de reunião dos alunos aos finais de semana.


Entendo que muita gente não faz concurso inicialmente para a carreira dos sonhos. É compreensível, principalmente em tempos de editais mais escassos, que se volte a atenção para as carreiras policiais. Muita gente faz concurso de polícia apenas porque não saiu ou não tem previsão de sair o concurso da carreira que sonha. Normal.


De todo modo, independente de qual seja a carreira dos seus sonhos, recomendo fortemente que você vibre com ela mesmo antes de entrar. Pense em como será sua rotina lá, imagine-se atuando no cargo, fazendo seu serviço, sendo reconhecido por um bom trabalho, por uma boa atuação. Isso faz uma diferença enorme na vida de quem está na batalha dos concursos.


Hoje em dia é bem mais fácil ter contato com a galera que atua no órgão. É fácil ver a rotina, ver como é o cotidiano. Alimente-se disso para sua motivação, use as informações para dar aquele gás a mais na hora dos estudos. Imaginar-se no cargo é um mega exercício de estímulo!


Obs: Foto da entrada dos aprovados / alunos no curso de formação 2021 da Polícia Rodoviária Federal.


Vitão Rosa – Elitte Concursos

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Em minha experiência enquanto psicanalista, me deparei inúmeras vezes com sujeitos que vivenciavam o processo de estudar para concurso público, alguns já empregados, com família, outros ainda almejand

Caminhos