Todo começo é difícil




TODO COMEÇO É DIFÍCIL!


Uma espécie de ansiedade comum quando se começa a estudar é a de não conseguir dominar um conteúdo. Isso carece de uma reflexão para que sua vida nos estudos flua melhor.


Veja bem: há concursos que exigem “noções” de vários direitos, informática aprofundada, contabilidade, estatística, entre outras. Cada um desses conteúdos, nas faculdades, leva anos para serem ensinados. Um Direito Constitucional, por exemplo, numa faculdade dura quatro semestres, em média. E ainda assim não ensinam tudo.


Tenha paciência. Numa primeira passada pelo material teórico da matéria X, vamos supor que você absorveu 60% de tudo. Depois disso, com as revisões, com as questões, você vai aumentando sua porcentagem. Vai ampliando seus conhecimentos. Vai vendo que há assuntos recorrentes em cobranças, vai se concentrando no que realmente cai. Isso amplia sua margem de acertos, dá mais confiança e faz você não desistir.


Claro que bate um desespero de estar vendo um assunto novo e não conseguir dominá-lo. Claro que acontece de ver uma matéria com um linguajar totalmente diferente do seu contato e se assustar com isso. O começo é assim para todos. Quem consegue superar a barreira inicial vai olhar para trás e ver que não era tão assustador quanto parecia.


Simbora! Não deixa o “mosquito da desistência” picar você não! Siga firme, use e abuse do dicionário, das pesquisas na internet, e vá avançando no conteúdo, ainda que não esteja com confiança total. Uma hora, com sua persistência, as coisas começam a se encaixar, pode acreditar nisso!


Vitão Rosa – Elitte Concursos

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Em minha experiência enquanto psicanalista, me deparei inúmeras vezes com sujeitos que vivenciavam o processo de estudar para concurso público, alguns já empregados, com família, outros ainda almejand

Caminhos